Emicida

Blog/Novidades

Inspirado no caos da cidade de São Paulo, EMICIDA lança “9 Círculos”

mais de 2 anos atrás

Faixa foi composta especialmente para a trilha do jogo “Max Payne 3”

Costurando temas como política, pobreza e injustiça social ao caos da cidade de São Paulo, Emicida coloca nas ruas “9 Círculos”, música composta especialmente para o game “Max Payne 3”.  

O novo título da Rock Star – produtora responsável pela clássica série “GTA” – será ambientado na capital paulista e terá trilha oficial do rapper.

O fio condutor da história é a procura do herói que dá nome ao jogo por uma mulher que foi sequestrada. Para resgatá-la, Max Payne terá de derrubar traficantes ao som de “I Love Quebrada”, “Sorriso Favela” e “Avua Besouro”, além, é claro, da faixa inédita.

Foto: Fernanda Negrini

“9 Círculos” tem produção de Casp e Nave Beatz. A inspiração para o som, conta o MC, foi a própria cidade de São Paulo. “O caos da maior cidade da América Latina, a insegurança, o medo envolto nessa atmosfera de corrupção, crime, pobreza, luta por justiça e todos os elementos que compõem este ambiente.” 

A composição é dividida em duas partes, afirma o rapper. “A primeira é algo como um conflito interno, e a segunda é uma visão mais política, com um olhar sobre fatos recentes, uma vez que o jogo é lançado neste momento que estamos vivendo agora. Acho que a música faz jus à São Paulo que vemos hoje.”

Fã de videogames e em especial da série “GTA”, da Rockstar, EMICIDA celebra a oportunidade de fazer a trilha sonora oficial do jogo. “Ter uma canção cantada em português num lançamento mundial é muito especial para a música brasileira. ‘9 Círculos’ passeia por uma brasilidade bem interessante, flerta com maracatu e samba. É um texto bem cru sobre a realidade das ruas, estou feliz com isso”, diz.

Confira a faixa exclusiva que o rapper fez para game:

 

“Max Payne 3” será lançado no próximo dia 15 nos EUA e chega às lojas brasileiras em 31 de maio.

O lançamento é mais um motivo de comemoração para o rapper, que vive uma fase de conquistas: acaba de lançar o clipe da música “Zica, Vai Lá”, com participação de Neymar, e o single “Trouble”, ao lado de M1, do Dead Prez, e produção de Beatnick K-Salaam e Beatdown.

Nos palcos, também vai alçar grandes voos: prepara-se para sua primeira turnê pela Europa. No dia 29 de junho, sobe ao palco do festival Back2Black e, em 6 de julho, apresenta-se como convidado do grupo Cidade Negra no tradicional festival de Montreux, na Suíça. 

 

Informações para a imprensa

imprensa@emicida.com

           

Letra:

"Parece crack, mas é só a insegurança,
Fui nessa, com a peça, o bico gansa,
Estressa, é claro, cansa,
Whiskey, neon, pouca luz, ela dança,
Tô eu e meus demônios como sempre,
O cigarro, uma da quente, sem fé,
Tudo que fala- mente,
Fundo do poço, é osso, e o dono da dor sente,
Amor, busquei, tipo Samba Dolente,
A luz camba, a perna bamba,
Dependente, uma cruz no plexo, reflexo deprimente,
Por entre os dedos a vida ía,
Tipo água da pia, fria, Ave Maria,

Mano, um ser humano, em estado desumano, zuado mano,
Qual orixá me passa um pano? 2012, é o mundo se acabando, e foda-se,

...
Avisem que o céu está ruindo,
O que é pior, chegar no fundo ou continuar caindo?

[refrain]
Quantos infernos cruzei? Passei, sem anjo pra cantar,
Quanto mar atravessei? Segui, sem luz pra guiar,

...
Ouvindo só click-clack-click-clack--boom!
...

policia aqui, mata mais que tuskegee
assassinos free, povo calmo como kenny g
GUETO TIPO ND
bico treme se ver que ainda somos public enemy
é 1, 2 pra EXPLODIR
pick do re mi e boooom
acabou, sem zoom de câmera
da câmara, dor é o que chega pra nóiz
quebrada, é bomba de efeito moral
de quem num tem moral pra falar nada
coturnos escuros, soturnos futuros
me enturmo nos muros me enfurno e juro
que vou cobrar com juros

sou jogo duro, sem furo, puro, apuro num aturo
seguro EU me curo, contra os ideal obscuro,
do governo, cartel ou clã
meu papel é ensinar o povo a dizer hã-hã
sem abrir pernas como que dança can-can
a nóiz cabe
odiar inimigos do povo viu kassab

queimam favelas, CONTROLAM A MIDIA E distorcem a informação
seus mandatos têm dias contados
nossa luta não"